Cartolas, jogo sujo. E no jornalismo da Record, como é o jogo?

A TV Record iniciou nesta segunda feira uma série de reportagens sobre os bastidores do futebol brasileiro, destacando os jornalistas Luiz Carlos Azenha e Rodrigo Vianna (que, nas horas vagas, atuam como blogueiros progressistas nesses links aí) para o trabalho.

Na primeira (capitaneada por LC Azenha), as VELHAS denúncias de sempre contra Ricardo Teixeira, exaustivamente apresentadas durante a falecida CPI da CBF-Nike e (que não se perca pela – falta de – memória) até pela ALIADÍSSIMA Rede Globo, em 2001. Enriquecimento meteórico, casa em Búzios, fazendas cinematográficas, dinheiro de propina via ISL, Lichtenstein, Juca Kfouri, Andrew Jennings e todo o resto. Novidade? Praticamente nenhuma. Mas a reportagem foi, do ponto de vista jornalístico, correta.

Na segunda, o escalado pelo Bispo Macedo foi Rodrigo Vianna, e a missão dada foi bater MUITO em Andrés Sanchez, presidente do Corinthians.

Antes de falar sobre a reportagem, uma digressão. O presidente do SCCP é um sujeito pelo qual nutro alguma simpatia. Não como dirigente, mas como figura humana: destrambelhado, falastrão, com tiradas inteligentes e irônicas, é o tipo de cara que eu gosto de ouvir no futebol. Ele me diverte. Também, parou por aí. Não compraria um carro usado dele, como também não compraria de qualquer dirigente de futebol, empresário e essa curriola toda.

Voltando: do ponto de vista da moralidade, todos os dirigentes merecem apanhar (inclusive Andrés, claro), mas há de se ver o método de surra. O futebol é das coisas mais sujas que existem. A série de reportagens visa atingir Teixeira por todos os lados possíveis: seja batendo diretamente nele, seja dando pauladas nos seus afins.

E o primeiro alvo-satélite do RT foi justamente o cara que destruiu de forma retumbante as pretensões da TV Record de tirar o futebol da telinha da Globo. Esse espinho estava entalado na garganta do Bispo. E com bispo não se brinca, eles têm procuração outorgada por Deus passada em cartório celeste.

Pois bem: lá foi o Vianna, todo serelepe, levantar a capivara do Andrés e fazer a matéria encomendada. Convenhamos que encontrar BO de dirigente de clube não é lá tão difícil. Mormente no Corinthians, onde a briga política é tão acirrada que a oposição nem liga se, para derrubar a situação, tiver de destruir o clube junto. É só parar na porta, ligar a câmera e já aparece um gaiato louco pra denunciar o inimigo.

Só que Rodrigo fez o caminho “certo” para alcançar Andrés, mas usou o veículo errado. Para descobrir as falcatruas do “Taxinha”, deveria falar com alguém da oposição, nada mais lógico. Mas ele resolveu abastecer seu arsenal destrutivo com um “conhecidíssimo” “jornalista” que atende pela alcunha de Paulinho do blog do Paulinho, apresentando-o ao mundo como “profundo conhecedor dos bastidores do SCCP”.

Ora, se há alguma coisa que Paulinho do blog do Paulinho conhece “profundamente” é a arte de escapar de Oficiais de Justiça, e SÓ. O rapaz, atualmente, cumpre pena de prisão domiciliar pelos crimes previstos nos artigos 138. 139 e 140 do Código Penal (conhecidos, no popular, por calúnia, injúria e difamação). Responde a outros inúmeros processos (inúmeros, MESMO, seu Vianna!), nas esferas cível e criminal, todos pelos chamados “delitos de opinião”. Não só contra dirigentes esportivos, mas por colegas seus de profissão, donos de faculdade, juízes de direito, advogados, empresários e gente que nem de futebol gosta.

Outra digressão: Se Juca Kfouri (e outros jornalistas famosos) fizeram um mal ao jornalismo, este foi jactarem-se de serem processados a torto e a direito, conferindo a esses processos um status de “atestado de idoneidade”, por mais paradoxal que isso possa parecer.

Ser acionado judicialmente é risco do ofício de quem dá noticia que possa desagradar alguém, mas transformar a interpelação judicial numa confissão ficta do acusado da veracidade das denúncias beira o absurdo e, pior, joga contra toda a classe jornalística que, pelo exemplo dos medalhões, apura com menor esmero os fatos e assaca contra a honra alheia como quem vende pipocas na esquina, escudada pela “liberdade de expressão” (e por escritórios de advocacia regiamente pagos pelos veículos).

Paulinho do blog do Paulinho não é fonte, muito menos fonte confiável, Vianna. É um aventureiro do jornalismo e umbilicalmente ligado a Antonio Roque Citadini, adversário de Andrés. Duvida de mim? Levante da cadeira e vá a editoria de esportes da Record e pergunte ao setorista do SCCP sobre o rapaz. Pergunte ao Jorge Kajuru o que houve entre eles.

Mesmo assim, o experiente Rodrigo Vianna embasou quase a metade das denúncias contra Sanchez no depoimento pessoal do rapaz, e ainda ilustrou-a com um post do “Jornalismo com Credibilidade” (sim, é ele mesmo quem se atribui credibilidade!), no qual Paulinho afirma ter conhecido um tal Grego e visto diversos documentos comprometedores contra Sanchez (doravante chamado “Taxinha”).

Tanta gente no mundo cheia de ódio contra o Andres, e o Vianna bate na porta do PAULINHO? Por quê?

Tenho uma suspeita: para conferir à matéria um ar de isenção (pra quem não sabe quem é o figura, claro!), tipo “oh, estou aqui com um insuspeito JORNALISTA, nem é oposição, nem nada, viu?”. Tá, abraça.

Logo ele, Paulinho, o cara que:

- publicou que Andrés e Ronaldo estavam bêbados numa boate do RJ, na véspera do jogo CRF x SCCP que eliminou o Timão de mais uma Libertadores (tendo como “fonte” um e-mail anônimo e falso);

- assegurou a seus leitores que Adriano jogara pela Roma com a camisa 105 (em alusão ao Comando Vermelho) com base numa fotomontagem do Kibeloco;

- disse estar o mesmo Adriano com o “fígado em frangalhos” por cirrose hepática avançada;

- há uma semana, “informou” que o goleiro do Liverpool confessou ter sido subornado na final do Mundial de Clubes de 1981 contra o Flamengo (com base numa pegadinha de 2003 do ex-site-de-pegadinhas Cocadaboa);

- e, saindo do campo esportivo, é o mesmo Paulinho que DIVULGOU COMO VERDADEIRA a Ficha DOPS falsa da Dilma e não se retratou até hoje!

É essa a sua fonte, Rodrigo? Como conferir credibilidade a um cidadão capaz de produzir essas belezuras e nem ficar vermelho? E tem muito mais por aí, é só pesquisar.

Entendo que vale tudo para alcançar o objetivo de malhar o Andrés, tarefa dada é tarefa cumprida “e vice-versa”, mas e se o cipoal de denúncias que o Paulinho do blog do Paulinho te apresentou também for baseado em “fontes” como Kibeloco, Cocadaboa ou hoaxes de email, hein? Como é que fica a tua reputação, amigo? A da Rede Record, pouco importa. Eles não estão preocupados com isso, e não é a primeira vez que fazem esse tipo de “jornalismo-vendetta”.

E agora, o principal: em defesa de Vianna, recebi de uma Árvore do PSJ a informação que a produção da Record esteve em contato com o tal Grego e VIU os documentos comprometedores, mas que o referido cidadão não quis repassá-los ao jornalista. Ou melhor, até repassaria, desde que a Record pagasse por eles. A emissora se negou a comprar os papéis mas, como já tinham visto tudo mesmo (e o Paulinho! publicou), era certeza que era tudo quente.

Ei, PERAÍ, a coisa é MUITO pior, então! Que raio de jornalista é você, Vianna, que VÊ a falcatrua ali, escritinha na tua frente, NÃO BANCA SOZINHO a parada e ainda vai se fiar num cara altamente suspeito e desmoralizado por inúmeras denúncias falsas e tosqueiras inomináveis, colocando a matéria toda sob suspeição?

E olhe só como são as coisas, Rodrigo Vianna: enquanto sua produção afirma que o Grego é um escroque que vende documentos, o “jornalista com credibilidade” (ele mesmo, SUA FONTE) responde assim a um comentarista:

E aí, quem está falando a verdade?

1 – O Paulinho, que diz ser o Grego um ratinho assustado pelas ameaças da Máfia Russa;

2 – sua produção (que trata o cara como um mercenário); ou

3 – o Celso Freitas, que disse ao final da reportagem, com a voz empostada: “a TV Record ouviu o Grego, que não quis confirmar nem desmentir a matéria”? OPA, então a Record ouviu o Grego DEPOIS do Paulinho? A matéria já estava pronta? Paulinho do blog do Paulinho não era “elenco de apoio”, mas o pilar estrutural da reportagem, é isso? Explica pra mim, por favor.

Só posso recomendar ao Rodrigo Vianna que torça bastante pra não ter sido “induzido ao erro” pelo “periodista” que “não tem compromisso com o erro”, seja lá o que isto signifique.

Boa noite… e boa sorrrrte.

About these ads

35 respostas para Cartolas, jogo sujo. E no jornalismo da Record, como é o jogo?

  1. Évelin disse:

    Ótimo texto!
    Dispensa maiores comentários!

  2. Paulo Martins disse:

    Ótimo texto, não conhecia os detalhes e nem as pessoas citadas mas foi exatamente o que pensei ao ver a reportagem, a Record nunca mais será um veículo isento em qualquer assunto que tratar de futebol, é uma mágoa indissolúvel. Há uns anos atrás eles compraram um grupo de comunicações centenário e competente do Rio Grande do Sul, uma lástima, um jornal que circulava desde mil oitocentos e pedrada, a troco de dízimo, e agora eles batem em qualquer coisa que estejam em seu caminho. Sou gremista, mas desde o primeiro dia da contratação do Falcão pelo Internacional a equipe deles do esportivo bate nele da forma mais suja, covarde, aquela de ir minando, comentários despretensiosos que o jogam contra a torcida, cria clima tenso no vestiário, etc. E quando o Grêmio acertou por fora com a Globo os direitos de TV isso foi dez vezes maior. Quero ver agora, que ironicamente a Globo e seu Esporte Espetacular vai fazer os jogadores comemorarem que nem bobos com uma dancinha imitando um joão-bobo, acho tudo isso uma idiotisse, mas confesso que gostarei de ver esse tapa nos bispos.
    Essa internet é muito grande, conheci hoje o blog por um tweet do Idelber Avelar, já li algumas coisas e voltarei, ótimo blog, parabéns.

  3. Mario Santiago disse:

    A Record, de um mês para cá, começou a atacar a realização da Copa no Brasil, a CBF, o Ricardo Teixeira, e agora está atacando cartolas de clubes, especialmente Andrés Sanchez. Tudo isso depois de perder a briga pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro para a Globo. E eu tenho uma teoria sobre essa situação.

    No ano passado, a Record fez uma cobertura das eleições com viés “dilmista” e, de alguma forma, acha que ajudou a Dilma a se eleger e acha que a Presidenta deveria lhe apoiar em seu projeto quixotesco de derrubar a Globo, que, para a IURD, é a representação do diabo na Terra. Pois bem. Quando começou a disputa pelos direitos de transmissão do Brasileirão, a Record tinha certeza de que o governo garantiria, através do Cade, que a disputa seria através de um sistema de concorrência que a beneficiaria, que é o do envelope fechado, pois a IURD tem muito dinheiro e nenhuma responsabilidade e poderia oferecer valores fora da realidade aos clubes. Mas o governo agiu corretamente e não fez o que não deveria fazer. Na forma da lei, não interferiu e permitiu que entidades privadas assinassem contratos com quem bem entendessem. E os clubes escolheram a Globo. Para a IURD, tirar o Brasileirão da Globo seria um golpe de mestre e um passo decisivo para derrubar o Mal.

    Ao atacar a realização da Copa, a Record acha que está dando um recado à Dilma, pois acha que a Dilma lhe deve alguma coisa. E está tentando mostrar que tem força similar à da Globo. Força de transformar mocinhos em bandidos, e vice-versa. Mas não tem. E nunca terá, pois sua relação umbilical com a IURD lhe dá apenas dinheiro, o que é insuficiente para conquistar a confiança do público. Muito pelo contrário, sua relação umbilical com a IURD só lhe confere a antipatia do público.

    Quanto ao comportamento e atuação dos jornalistas que fizeram as reportagens, não os condeno, pois é uma característica do ser humano sucumbir aos prazeres que o dinheiro proporciona. E, no caso dos jornalistas da Record, muito dinheiro.

  4. Diego Pereira disse:

    Chapaulinho e Juca sendo entrevistados pela Record, Datena voltando para a Record, bater na CBF depois de perder os direitos de transmissão do Brasileirão e falar numa matéria que deveria ser investigava que o Andrés prometeu parar de fumar e que até hoje nada (ele é melhor ou pior dirigente por causa disso?). E o outro lado, a Globo, nem um pio sobre os mandos e desmandos do poderoso chefão do futebol brasileiro.

    Difícil falar que está tudo beeeeeeeeeeeeemmmmmmmmmm com o jornalismo brasileiro. Pelo menos o PHA não apareceu ainda na série de “reportagens”.

  5. Wagner disse:

    Excelente texto… se tinha alguma verdade nas acusações, caiu por terra quando embasadas na fonte citada…
    Aliás, tú escreve bem pra c…. hein velho… Parabéns mesmo… a única critica q eu tenho é q demora um pouquinho pra postar de novo…rs
    Abraço

  6. Falar o quê de emissora que “confiou” no Badan Palhares como especialista?
    Penso que erraram a mão, se querem brigar com a Globo tá certo agora jogar o Timão no rolo? É tiro no pé…

  7. SkrotinhoBR disse:

    Matou a pau de novo Vinicius. Tambem acho o Andres engracado (apesar do mesmo ter um odio mortal do nosso time), tambem nao compraria um carro usado do mesmo (nem qualquer outro dirigente), mas se for fazer acusacao, tenha fundamentos.
    Para piorar, ficavam fazendo “ataques” absurdos como: “o presidente que fumava 4 macos de cigarro por dia” (whatafuck??? o q tem isso a ver com o carater dele?).

    NOSSA, essa aí nem a Fabíola Reipert fariOH WAIT.

  8. Carlos disse:

    Vinicius, matou a pau pra variar. Parabéns.

  9. [...] TEMPO: Um tal de (RISOS) Vinicius Duarte escreveu em seu blog pessoal um texto sobre a reporCagem da Record de terça-feira (aquela que contou com a brilhante [...]

  10. André disse:

    Muito foda esse negócio de que “a reportagem teve acesso a 2158 documentos que demonstram que __________”. Cansei de ver essa merda na Veja e por isso parei de ler. No meu conceito pessoal o Rodrigo Vianna tem crédito, mas esse tipo de denúncia tem que ser o início da reportagem investigativa e não seu produto final. Não sei a sua (Vinícius D.) profissão, mas se você conseguiu levantar todas essas informações sobre o informante, acredito que uma equipe de reportagem também deveria ser capaz. A vida é corrida, ser empregado é foda, a coisa não tá fácil pra ninguém, mas vamos dar uma caprichada nessas reportagens.

    André, uma coisa é PODER levantar as informações, outra é QUERER fazê-lo. A reportagem é malfeita, tendenciosa, usa DUAS fontes suspeitíssimas, além de se perder em bobagens como “Andres prometeu parar de fumar, e não cumpriu a promessa. Saiu na foto com 4 cigarros…”. Isso não é jornalismo nem aqui, nem em Marte. Isso é vingança pura. Muito me espanta ser tocada por alguém que vive criticando a “grande mídia, a mídia má, o PiG, os factóides…”

  11. Suserano disse:

    não tem compromisso com o erro = Eu não errei, o Sr. Orelha que não sabe ler, volte e leia novamente até fundir o seu cérebro e verá que eu estou certo.

  12. disse:

    Só queria entender uma coisa. Acompanhe o raciocínio. Você diz que “… Rodrigo fez o caminho ‘certo’ para alcançar Andrés, mas usou o veículo errado. Para descobrir as falcatruas do ‘Taxinha’, deveria falar com alguém da oposição, nada mais lógico. Mas ele resolveu abastecer seu arsenal destrutivo com um ‘conhecidíssimo’ ‘jornalista’ que atende pela alcunha de Paulinho do blog do Paulinho…”
    Logo abaixo, você continua “… Paulinho do blog do Paulinho não é fonte, muito menos fonte confiável, Vianna. É um aventureiro do jornalismo e umbilicalmente ligado a Antonio Roque Citadini, adversário de Andrés…”.
    Bom, você disse que o mais correto e lógico era falar com alguém da oposição, não é? Mas, e se ninguém da oposição quis falar? E se ninguém da oposição quis dar a cara à tapa e comprar a briga? E se a oposição se utilizou de interlocutores para jogar m… no ventilador? Pensou nessa possibilidade?
    E mais: se Paulinho é aliado (ou, em suas palavras, “umbilicalmente ligado”) de Roque Citadini (que é adversário de Sanches), Rodrigo não falou com a pessoa certa, então? Ora, se assim for, ele falou com a oposição. Resta saber se Roque Citadi falou usando a boca de Paulinho.

    Você acha que se o Vianna tivesse apresentado o Paulinho como REPRESENTANTE DA OPOSIÇÃO, porta-voz de Roque Citadini ou coisa que o valha (e não como “jornalista (RISOS) profundamente conhecedor dos bastidores do SCCP” – que ele usou exatamente para conferir “isenção” à matéria) eu teria escrito neste tom? Por exemplo, a mesma reportagem entrevistou o conselheiro cotinthiano conhecido como “Ciborg”, ferrenho opositor do Andres. Você me viu falar sobre ele? E, se o Rodrigo VIU os documentos do Grego, pra que precisava do Paulinho? Ah, e sobre as contradições (Grego é escroque, coitadinho ou só serviu de escada?), algo a dizer? Abs.

  13. TRITÓRIA disse:

    Gostei e apoio seu comentário Vinicius. Agora me responda; A carteira da ACEESP do revenger red foi cassada?
    Tem alguma matéria sobre isso? E a do juca traço?
    Abraços

    Parece que foi, uma Árvore do PSJ me disse. O Juca não fez nada para merecer esta punição (quer dizer, não fez nada com as mãos dele).

  14. Camilo disse:

    “É essa a sua fonte, Rodrigo? Como conferir credibilidade a um cidadão capaz de produzir essas belezuras e nem ficar vermelho? E tem muito mais por aí, é só pesquisar.”

    Vianna, tenha vergonha e digite NO CU DOS JUQUINHAS no Google!!!!

  15. Você humilhou o texto que publiquei no jornaleiros,Vinicius!Cara você arrebentou mais uma vez,parabens!
    A reportagem foi um show de horrores,tentaram vitaminar fatos que já foram abordados anteriormente que não trouxeram resultado algum.
    Para finalizar colocaram o Paulinho kkkkkk para atestar a veracidade das denúncias o que obviamente tirou qualquer credibilidade da série apresentada pela Record.
    Na boa este vexame o conceituado Rodrigo Vianna poderia evitar.

    Grande abraço Vinicius,

    Gustavo

    Valeu, Gustavo.

  16. Daniel CMS disse:

    NCDJs forever.

    • Daniel CMS disse:

      Dr., vc pensa em fazer algum comentario sobre o caso Battisti? Gostaria de saber sua opiniao (juridica inclusive)

      Olha, até pensei em escrever. Li o parecer da AGU que recomendou a não-extradição e achei perfeito, porque ele não emitiu juízo de valor sobre o Battisti ser ou não criminoso comum (o que, a essa altura do campeonato, é impossível saber – cada lado fala uma coisa) ou se foi condenado justamente ou não na Itália. Apenas levantou as manifestações anti-Battisti na Itália e o fato de que a pena imposta a ele lá ultrapassaria o tempo que ele ficaria preso aqui, equivalendo a prisão perpétua.

      • Daniel CMS disse:

        Perfeito. Obrigado pelo esclarecimento.

        As coisas que li me deixaram mais confuso pois muita gente tentando se passar por neutra acabou omitindo juizo de valor (propositalmente ou nao).

  17. Thiago Ferreira disse:

    Vinicius, parabéns pelo texto. Como corinthiano, tenho que reconhecer que você é um São Paulino nota mil. Depois de tudo aquilo que falaram do Sanchez, você pintou a imagem dele, até com um sentimento de piedade.
    Nós como corinthianos, sempre duvidamos de dirigentes, inclusive os nossos, porém nesse caso do Andrés, tive a nitida impressão que esse caso da Record, foi dirigida por Juca Kfouri.
    Fui no blog dele, e observei especialmente este post:

    “A Rede Record começou hoje uma série de reportagens que os governantes brasileiros precisam ver, já que parece que eles não se convencem com o que a imprensa escrita e a ESPN-Brasil, TV por assinatura, publicam sobre o presidente do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo no Brasil, em 2014.

    Clique aqui para ver a primeira matéria da série.
    por Juca Kfouri às 23:09″

    Assistindo a matéria, não é que tem o depoimento dele?
    Então como recomenda antecipadamente?
    Deu uma revisada no conteudo, antes da exibição?

    Com efeito, olhando os posts dele sobre o R.Teixeira, a Record, praticamente deu uma controlvezada legal.

    Outra coisa estranha, porque não apareceu na segunda matéria, já que é adversário de Sanchez, alias inimigo.?

    Mandou um fiel escudeiro?

    Eu esperava ver jornalistas de peso, como ele, Trajano, ou sei lá quem, até o Kajuru, detonando o Sanchez, mas, parece que se esconderam.

    Voltando ao inicio, parece que o Sanchez, foi literalmente escolhido para ser pregado na cruz.

    O pior é que nós corinthianos, temos a certeza que quando ele sair, e entrar outro da atual oposição, os papeis se inverterão.

    Isso é duro. O timinho fDP, de gente ruim na direção. Como vc. falou, para destruir os inimigos, jogam a água da bacia fora, com a criança dentro.

    Parabéns. Resumindo, menos mal para o meu time, graças a essa porcaria de programa da TV, que ao final ficou muito na cara que os interesses são efetivamente outros.

    Agora, que a oposição no pais não quer a copa aqui, isso é mais do que obvio.

    Veja esse caso da lei 8666, que a Dilma flexibilizou. Conheço esse assunto, e estão deturpando de tal forma, uma medida da presidente, que objetiva exatamente o contrário do que estão dizendo, inclusive o Juca.

    Se for debater isso, volto.

    Abraços/

    Thiago, eu VOU debater isso (a flexibilização da 8666, sigilo dos gastos da copa…) e quero saber qual é a parada. Mande-me um email com a sua versão.

  18. Flávio disse:

    Só me resta te dizer PARABÉNS.

  19. Paulo Preto disse:

    Prezado escritor do blog, bacana por sinal, cheguei aqui por um link que achei no orkut…(sim, sou daqueles que ainda usa o orkut). O fato da Record ser uma empresa cujos recursos vêm de origem deplorável, (nem vou discorrer sobre a história da Globo) por explorar a estupidez dos CRENTES incautos, não invalida a matéria, mesmo considerando que o Vianna, pateticamente usou como fonte o tal Paulinho (que eu jamais ouvira falar até esses dias). O que eu quero dizer é que, mesmo assim, com todos esses senões, o que foi dito é revelador sobre a podridão de tudo. Ainda que não seja novidade alguma. Revelador da sujeira do futebol, do jornalismo, dos dirigentes, das emissoras e do Andres, que é um aprendiz de crápula e tem no Ricardo Teixeira um ótimo professor. Ficamos assim, nada é descartável nessa empreitada do bispo contra a Globo. Como telespectador, fico assistindo tudo isso como quem vê uma briga de um pedófilo contra um neonazista por revelar segredos de um torturador de velhinhos em cadeiras de rodas. Eu quero é que todos eles se matem!!!

    Obrigado, Paulo Preto. Só tome cuidado para, enquanto assiste ao múltiplo assassinato, não sobrar uma bala pra você. Abs.

  20. Rafael disse:

    Pq vc não manda esse post pro blog do Rodrigo Viana?
    Ou vc me autoriza a mandar?
    Acho que seria legal ele ver que tem gente que sabe quem é o Chapaulinho.
    O blog do Vianna: http://www.rodrigovianna.com.br/

    Tchau e boa sorte.

    Ele já deve ter visto, vários amigos dele já vieram aqui.

  21. Elias Junior disse:

    Parabéns!

    Eu constumo ler o Blog do Paulinho, mas sempre com um pé atrás, afinal o Andrés e sua corja não são fáceis mesmo.

    Mas num dia destes eu não aguentei e percebi que ele mesmo inventa notícias.

    Informou em seu blog que o banco Votorantim estava totalmente quebrado, e só por isso entraria no esquema do Estádio do Povo!

    Eu trabalho numa empresa do grupo Votorantim, grupo com 90 anos de história, maior grupo familiar do mundo e o desafiei a encontrar em 90 anos alguma empresa do grupo, qualquer uma, que possa estar passando por alguma mínima dificuldade.

    Foi um informação ridícula, que pode enganar alguns. Até agora ele não conseguiu responder…

    Clique aqui e veja post sobre o assunto. Também fizemos umas “perguntinhas” a ele sobre o BV.

  22. TRITÓRIA disse:

    Uma pessoa que acusa um magistrado de estar ligado à máfias internacionais, corruptos, traficantes,dirigentes esportivos. Depois o acusa de ser acoitador de bandidos, você ainda acha que o magistrado não irá fazer uma representação contra este lunático?
    Nos fale qual é a sua opinião sobre isso, dr.Vinicius pois acho que ele não só ofendeu a um, mas sim a todos os magistrados de São Paulo, que para ele, se o notificá-lo e puni-lo nos rigores da lei, são envolvidos em máfias.
    Abraços

  23. Andre disse:

    Parabéns pela matéria velho, muito boa e de um jornalista imparcial e de verdade

  24. MarcosLP disse:

    Caro Vinícios

    Acho que a Rede do Bispo tinha todo o direito de uma Vendeta contra a Grobo e os dirigentes…
    A RECORD não perdeu a disputa… uma vez que a Grobo atuou “por fora”, COM OS DIRIGENTES, como bem sabemos…
    Lamento, entretanto, que a mesma tenha recorrido a nosso querido Herói… Perdeu-se…

  25. Fernando disse:

    Vinícius, tu foste de uma lucidez honrada, já que és um São Paulino, mas infelizmente sua opinião reflete a de uma ínfima minoria na mídia esportiva (pelos menos na daqui de SP)… somente o fato da Record usar o Chapaulinho Condenado seria razão suficiente para descaracterizar toda aquela reportagem, mas o que achei pior foi o precedente que eles abriram aí, perigosíssimo: deram voz – e poder – a um cara desequilibrado EM REDE NACIONAL (corroborando suas desvairadas bobagens) e eles mesmos, “por supuesto”, largaram a mão de qualquer tipo de ética ou investigação jornalística para atacar um desafeto, inimigo ou concorrente… o que mostra muita coisa de como age a imprensa brasileira de maneira geral. Ao mesmo tempo, na prática deu carta branca para o Chapaulinho atacar agora QUALQUER TIME, ou QUALQUER PESSOA, sob QUAISQUER ACUSAÇÕES TRESLOUCADAS – e ser reconhecido por isso!!

    Se ele tivesse recebido um atestado de liberdade de difamação não seria mais danoso.

    Enfim, valeu a pena ler teu post. Parabéns.

  26. [...] sempre contra Ricardo Teixeira, exaustivamente apresentadas durante a falecida CPI da CBF-Nike … Read More via COM FEL E [...]

  27. [...] “Sanchez prometeu parar de fumar e não parou”. Nenhum sentido, mas muita repercussão. Aqui, uma das poucas dignas de [...]

  28. Paulo disse:

    Pois é, Vinícius, uma “reportagem” de encomenda feita a quatro mãos: duas da Record e duas do “Soberano”, que até diretores têm por lá. Pra você ver o nível a que descemos, e, especialmente, o nível a que desceu o outrora “diferenciado” clube considerado da elite paulistana ( por mais que a “reportagem”, pelo que soube, contivesse algumas verdades já intuitivamente conhecidas de todos ). Record e SPFC: tudo a ver, daqui pra frente?!

    Tá, você acha que o SPFC, que ASSINOU COM A GLOBO, tem parte nisso? Por causa do Casares? OK, vou fazer o quê, né? Continue aí com suas teorias conspiratórias, já já você me convence que o Elvis tá vivo e escondido no vestiário do Morumbi, que tudo fez parte de um grande plano pra fazer a “reestréia” dele no Brasil, com o SPFC cobrando preços absurdos pelo ingresso. Abraço.

    • Paulo disse:

      O Elvis não está no Morumbi, Vinícius, que bobagem! Todo mundo sabe que ele foi levado num disco voador (rsrs). Agora, o Casares e o Ataíde Gil Guerreiro, esses estão, e o que puderem fazer para tumultuar o atual momento – vésperas da votação dos incentivos fiscais para o estádio de Itaquera -, certamente farão. Aliás, não só eles. Veja o triste papel do ex-judoca medalhista ( do “Barbudinho” já nem falo, pois esse foi eleito pra isso e não tem outro ideário ). Enquanto isso, o edital da “ferrovia norte-sul” paulistana segue os trâmites aceleradamente…Abraços!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 431 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: