Quanto mais conheço o 4º Poder, mais acredito nos Pescadores.

É impressionante como a imprensa é muitas vezes ardilosa.
Faz do cárcere privado um Reality Show, nova versão do BBB, o “BEB” BIG ENEMY BRASIL.
Rolou até entrevista ao vivo com o criminoso pelo celular.
Não acompanhei o desenrolar do assunto, confesso que subestimei a situação. Achava que eles estavam no “bem bom” dando beijinhos e carinhos sem ter fim.
Vi nos jornais de sábado passado uma imagem da Eloá sorrindo na janela. Ficou claro que a imaturidade da garota, 15 aninhos apenas, substituiu a gravidade da situação pela emoção peculiar às mocinhas de filmes de aventura. Natural para a idade, não é uma crítica.
Os policiais não podiam dar um passo sem a presença das câmeras. O criminoso tinha o monitoramento das ações dos despreparados, mal remunerados e desequipados policiais. Os policiais só tinham o telefone e os ruídos do apartamento. Fiquei com a impressão de que estavam com pena do “pobre diabo, sofredor do amor”.

Folha de São Paulo de hoje: “Tragédia de Eloá aquece audiência e tira TV do traço”.

Se a operação da polícia paulista fosse bem sucedida, qual seria a audiência? Quanto tempo duraria a audiência?
A imprensa coloca agora um monte de “especialistas” para dar opinião, apontar falhas.
Por que não o fizeram antes e em SEGREDO?
Por que não chamaram o cara da SWAT, ou qualquer outro, para dar dicas no meio das negociações em SEGREDO?
Ah, a polícia não aceita dicas? Tudo bem, mas se der errado vamos noticiar que foram negligentes e desdenharam da opinião de um especialista, ok?

Raramente vi a imprensa apontar soluções, mas acompanhei a voracidade por descobrir e apontar falhas, infelizmente, depois de consumadas as tragédias.

Ao se omitir, a imprensa é conivente com os criminosos, policiais corruptos, políticos, etc. Aliás, muitas vezes é “parceira” destes nos “furos”.

Quanto mais conheço o 4º Poder, mais acredito nos bons e velhos Pescadores.

Anúncios

5 Responses to Quanto mais conheço o 4º Poder, mais acredito nos Pescadores.

  1. Anonymous disse:

    Caro André.
    Belo texto.
    Faço das suas as minhas palavras!

    Regis Cordeiro

  2. Vinicius Duarte disse:

    Perguntas que “os especialistas” nunca farão:

    1) Queria saber se o Estado vai processar a jornalista de “gilette-press” Sônia Abrão, que “descobriu” o número do celular do idiota e IMPEDIU que o negociador da polícia travasse contato com ele, porque estava FALANDO AO VIVO com o descerebrado;

    2) Por que a “imprensa” não apertou a polícia e a família NO MOMENTO em que Nayara estava sendo “devolvida” ao cativeiro. Cadê a indignação???Só veio a falar nisso DEPOIS que a coitada levou um tiro na boca.

    Quanto mais eu conheço o 4º poder, mais eu me afasto dele.

  3. André Nogueira disse:

    Tks Régis.
    É Vinicius, qtas perguntas poderiam ser feitas antes do desfecho?
    Por falar em pergunta, o que aconteceu com o Cabrini? Vi um video dele com imagens do moleque na Record. Foi protegido pela “classe”?

  4. André Nogueira disse:

    Esqueci um assunto: a crise da segurança pública em Sampa. Greve, confronto, necessidade de reforma…Ah.. esquece…isso não dá audiência…Nenhum especialista vai querer opinar também.

  5. Vinicius Duarte disse:

    Cabrini? Vê lá naquele post que eu escrevi a respeito (acho que era Jornalismo-Verdade x Verdade do Jornalismo). Passaram um pano na “capivara” dele, tá limpinha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: