TV Kajuru – nada a ver

Enquanto trabalhava, deixei por um tempo a transmissão via internet da TV Kajuru, nova empreitada do jornalista. As transmissões são bem mambembes, mas isso com dinheiro se resolve. O problema lá é de conteúdo.

Depois do sucesso do seu livro “Condenado a falar”, o radialista assumiu uma exacerbada postura iconoclasta – que já era bem grandinha, ressalte-se -. Mas o sentimento que me deixou o trecho assistido foi só um: tive muita pena dele.
O que eu vi foi um trecho de um bate-papo com o Sócrates e um “pingue-pongue”, onde um transeunte perguntava sobre uma pessoa, e o Kajuru dizia o que pensava a respeito dela (como num tópico de seu livro, denominado “de A a Z”).
Da entrevista com o Sócrates (visivelmente embriagado – sim, eu sei que ele sempre parece embriagado, mas desta vez ele estava mesmo!), o assunto principal foi a contratação do Ronaldo pelo SCCP, e mais um monte de inconfidências pouco inteligíveis, porque praticamente não se ouvia a voz do Magrão. Imagine um cara que já fala enrolado normalmente, bêbado e ainda com o volume do microfone baixo. Mas, a certa hora, Kajuru disse: “Magrão, tu que é inteligente, sempre liga o cérebro antes de ligar a boca…”. Sócrates, de bate-pronto: “e você sempre faz o contrário.” 
No “pingue-pongue”, lamentáveis cenas de agressão verbal e moral, gratuitas e de muito baixo nível, tais como: “Quem, aquele anão? Safado, sem-vergonha”, referindo-se a Tom Cavalcanti (inclusive com alusão a um suposto cachê pago pelo Aécio Neves ao Tom em cocaína), ou “se a Marta (Suplicy) morasse em NY, tinha saído até com a Estátua da Liberdade! Ela pensa que inventou aquilo que você tem no meio das pernas, amiga telespectadora!”. Falando sobre Galvão Bueno, deixou escapar uma história ocorrida entre eles: “Sabe aquela mulher que parecia a Julia Roberts, que eu, você e o Ronaldo encontramos? Pois é, eu paguei US$ 1,500,00 pra ela, mas você pagou mais! Eu sei, ela me contou, viu?“. Bem, aí mostrou que é fofoqueiro e bobo, pois acredita em palavra de p%#a. Teve mais uma chuva de insultos: pro Luciano do Valle, Lula, Dunga…
Kajuru disse: “a última coisa que eu quero é que sintam pena de mim” (adotando uma postura de auto-comiseração disfarçada de superioridade), mas chegou a dar o número do seu telefone móvel no ar (Pânico-JP), num apelo público para arranjar “uma mulher que cuide de mim – estou muito doente – e viva comigo até eu morrer, em troca do meu patrimônio.“. Mesmo sendo possuidor de uma prótese ocular (segundo ele, “perfeita”), fez questão de apresentar o programa com um tapa-olho, talvez para evidenciar o problema de saúde que lhe fez perder a visão. E não quer que sintam pena dele, tá bom…
O sistema midiático, segundo muitos, suga o indivíduo e depois cospe o bagaço. Kajuru, cuspido pela mídia há um bom tempo, confirma a tese: está só o bagaço.
Anúncios

7 Responses to TV Kajuru – nada a ver

  1. Humberto Capellari disse:

    Eu li o tal livro ( meio de passagem ) e fiquei decepcionado. E tive também a mesma impressão: o cara virou uma Marocas…
    Sinceramente, acho que os problemas que ele tem tido o deixaram transtornado e ele precisa de tratamento psicológico.

  2. Randal disse:

    Que pena.
    Eu era fã de carteirinha dele.
    Mas realmente, como se diz por aí, ele está surtando.
    O mais lamentável nesse caso, são os jornalistas que ao invés de tentarem ajuda-lo, mostrando-lhe o ridículo de seu papel, ainda ficam insuflando o seu ego. Infelizmente, desse jeito, a coisa só tende a piorar.
    Esquizofrenia é pouco.

  3. Vinicius Duarte disse:

    Verdade, Randal. Eu também gostava dele, e foi muito oportuna essa “levantada de bola” que você deu. Tem gente achando que ajuda o Kajuru, mas só está o empurrando pra lama. Ele está cego de um olho e da cabeça, e ninguém o alerta disso.

  4. Maria José Speglich disse:

    Realmente eu já gostei muito dele, mas agora ele está completamente desequilibrado. Perdeu a noção do ridículo.
    Acredito que mesmo para fazer critica de quem não gostamos, não admiramos precisa ter ética.
    “aquele negócio no meio das pernas” é por demais grosseiro.

  5. Vinicius Duarte disse:

    Pois é, Maria José (ih, rimou…rs)!

    Mas nesse programa citado ainda tinha coisa bem pior, não sei se viu.

    Como disse o Randal aí em cima, gente boa pensa que está ajudando o Kajuru, mas se não o alertá-lo, logo mais estará em apuros.

    Grato pela visita e comentário.

  6. […] melancólicas (veja a timeline toda), se fazendo de vítima, de injustiçado, mesmo depois de ter agredido de forma gratuita (?) uma pá de gente, na finada TV Kajuru e em diversos outros […]

  7. […] melancólicas (veja a timelinetoda), se fazendo de vítima, de injustiçado, mesmo depois de teragredido de forma gratuita (?) uma pá de gente, na finada TV Kajuru e em diversos outros […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: