Teleloucura

Nove da manhã, toca meu telefone, dentro do busão. No visor, aparece “Privado”. “Ih, lá vem merda”, penso. Penso, mas atendo:
– Bom dia, Sr. Vinicius, aqui é a Maria Chiquinha do Banco Santander, tudo bem com o senhor?
– Tudo (“tava…”).
Então, o motivo do meu contato é oferecer ao senhor os produtos do Santander, informando que o sr. já tem à sua disposição cartão de crédito, linha pré-aprovada, bla, bla, bla…
– Minha filha, eu nem tenho conta nesse banco… Você nem me conhece…
– Mas não é o sr. Vinicius? Aqui consta…
Lembrei da minha antiga conta no tempo de Banespa, da qual não sei o paradeiro. É a ex que usa.
– Ih, mas eu nem movimento essa conta, não tenho interesse.
– Ok, sr. Vinicius. Então, nós estamos contatando os clientes também para fazer uma pesquisa de satisfação, o sr. poderia confirmar alguns dados?
– Não sou o mais indicado para dizer isso, afinal não uso o seu banco. Se não uso, não estou nem satisfeito, nem insatisfeito, dona!
Então (p.q.p., como me irrita esse “então” – significa “não quero nem saber o que o sr. disse, e vou continuar meu script“), o senhor poderia confirmar o seu endereço?
– Não, confirme você que é do Santander. Que endereço aparece aí na tua tela?
– Senhor, essa confirmação é para a SUA segurança!
– SENHORA, eu ESTAVA seguro até receber esta ligação. Agora, já estou achando que é golpe. Se quiser continuar falando comigo, diga todos os dados que constam aí na sua frente.
– Mas senhor, se eu disser o número da sua conta o senhor confirma os outros dados?
– Ué, e por acaso isso prova que você é do banco? E se você achou um extrato velho da minha conta na rua, descobriu meu telefone e está querendo os outros dados?
– Senhor, eu não posso…
– Ora, porque cargas d’água EU tenho que confirmar que EU sou EU para alguém que ME ligou ME procurando no MEU telefone e EU nunca vi na minha vida???? Fui EU quem te ligou?
– O Santander agradece a atenção. Tenha um bom dia.
———————-
Queria MUITO conhecer o gênio do marketing que inventou esse tipo de abordagem, e ainda conseguiu convencer um dos maiores bancos do mundo que isso funciona. Pela inteligência dos dirigentes banqueiros, acho que ainda vai nascer muito Madoff por aí.
Anúncios

One Response to Teleloucura

  1. André Luís Nogueira disse:

    Além de tudo isso, os caras ligam pra vc e avisam que para “nossa” segurança a ligação está sendo gravada.
    Criei um hábito saudável de condicionar a continuidade da ligação ao envio imediato de cópia da gravação.
    Eles não têm como mandar, pois nas gravações até as ofesas “em OFF” contra nós são regitradas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: