Racismo ou Injúria?

Loirinho como o Maxxi Lopez!

Loirinho como o Maxi Lopez!

Aconteceu de novo: um argentino xingou (xingou mesmo?) um brasileiro de “macaco” dentro de um campo de futebol e foi parar na delegacia de polícia, acusado de racismo.

Os protagonistas: Maxi Lopez – loiro, cabelos longos e lisos, de fitinha no cabelo – (não vai chamar ele de “Barbi”, hein?) e Elicarlos – pele escura, cabelos pretos e crespos -.

Dá até medo de comentar sobre isso, mas vá lá: eu acho que existe uma diferença muito grande entre racismo e injúria. Associar um ser humano com um animal qualquer é injúria, só isso. Se eu vejo uma pessoa gorda, de pele escura e a chamo de “baleia”, estou sendo racista? Não? Por que? Não existem baleias escuras? Existem, sim, e acho até que são maioria na fauna marinha. Será que o racista não é aquele que faz associação automática entre ver alguém sendo chamado de “macaco” e o odioso racismo? E se eu xingar, baseado na foto acima, o Maxi Lopes de “macaco”, estou sendo racista?

Racismo é tentar impedir alguém de fazer algo só porque a pele dele tem uma tonalidade diferente da sua; é barrar na porta da festa, não dar o emprego, não querer que ele se sente ao seu lado no ônibus, travar a porta do banco, dar “geral”, enfim, prejulgar alguém com base única e exclusiva na cor da pele . Esse é o fato delituoso que caracteriza o racismo. E é este o que precisa ser realmente combatido com cadeia e bastante TV.

Abrir precedentes como este, de imputar racismo a qualquer injúria – veja, injúria TAMBÉM é crime! – acaba, isto sim, misturando as atitudes verdadeiramente racistas pela confusão de conceitos (injúria e racismo), dando margem a espertinhos nojentos, que insistem em dizer que por aqui não existe racismo e negar aos verdadeiramente oprimidos pela discriminação o direito de verem suas denúncias seriamente apuradas.

Fazer um quiproquó desses porque um xingou – não importa se de “macaco”, “avestruz”, “coelho” – o outro, no calor de uma disputa, é o mote para aqueles que não querem discutir com seriedade a chaga do racismo no mundo todo, inclusive aqui e na Argentina.

Racismo no futebol, mesmo – e vou citar aqui para que não se faça confusão -, foi quando aquele Antonio Carlos foi expulso e saiu de campo fazendo gestos alusivos à cor da pele do árbitro, como se dissesse: “só podia ser preto, mesmo”. Isso é racismo PURO, mas o Antonio Carlos, ao que me consta, não foi parar em nenhuma delegacia de polícia, nem saiu algemado. E o tribunal que o julgou foi o risível TJD.

Anúncios

One Response to Racismo ou Injúria?

  1. tica salvador disse:

    Bom dia

    A ex do meu namorado fica me chamando de macaca pelo whatsapp, o que fazer?Att

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: