Mas… Deus não é um cara gente boa?

Primeiro foi o cônsul; depois o Pat Robertson. Pra fechar a “trinca de ouro”, o cansativo incansável Olavo de Carvalho também atribui o terremoto do Haiti a uma estratégia divina para promover a limpeza dos ímpios e satanistas da Terra. Os links foram omitidos por questão de higiene. Se quiser, procure no youtube.

Deus (que é um cara bacana, todos sabemos), um dia, acordou puto da vida com aqueles macumbeiros haitianos e fez a terra tremer. Não é só porque deus é deus que ele não pode ter seus dias de fúria. É bem admissível, não? Afinal, a gente também fica puto com nossos filhos, aplica castigos e alguns chegam até às vias de fato contra os seus entes mais queridos.

Ei, peraí! Nada disso! Deus é  P E R F E I T O, não é? Assim sendo, não é dado a ele o direito de nutrir sentimentos humanos menores, do tipo desejo de vingança ou ódio contra seus filhos (e todos – até eu e os macumbeiros – somos filhos dele), mesmo que os filhos queiram ir para o lado do mal. Até o diabo seria filho de deus, não é mesmo? Sim, eu sei, ele tá correndo em outra raia agora, mas Deus tudo perdoa e a todos acolhe. Deus nunca desiste de seus filhos, eu acho. Como ele é infinito, tem lá todo o tempo do mundo para corrigir eventuais desvios dos humanos que criou. Por que cargas d’água ele desistiria de seus filhos pretos do Haiti, jogando de uma tacada só milhões pra engordar as fileiras do inimigo? E por que deus deixa quieto com a galera aqui da Bahia, que faz aquela mistureira toda de candomblé com catolicismo? Ali era caso pra 9,0 graus de fúria divina terremoto. Lá a iansã divide altar com a mãe do filho do cara, pô!

Você fala esse monte de asneira isso porque nunca leu a Bíblia, o Apocalipse. Ó, eu até li, viu? Mas tem umas coisas lá que não batem com uma divindade, sabe? E te digo mais: se eu fosse deus, jamais passaria procuração para alguém escrever um manual de instruções em meu nome. Convenhamos, é um perigo. Vai que o outorgado não seja lá muito católico confiável e coloque palavras indevidas na minha (de deus) boca. Pode acontecer. Afinal, humanos são falíveis, e o criador é quem mais sabe das falhas das criaturas. Ele não daria uma brecha dessas. Deus é o cara, não ia passar recibo de mané.

Dizem que cada religião tem seu Deus (algumas têm vários deles). É provável que todas estejam falando da mesma entidade, e as diferenças entre os deuses estejam somente nos pontos de vista. Agora, se não for isso, quem é o Deus verdadeiro? E se o cara anda tão bravo a ponto de dizimar um porrilhão de gente dando um peteleco no planeta, imagina se ele acorda (ei, deus dorme?) com dois pés esquerdos (epa, isso é coisa do cramulhão) e resolve:

– Se deus é o dos cristãos, passar o rodo na Índia, elevando a brincadeira de matar satanistas para a casa do bilhão;

– Se deus é o dos hinduístas, arrebentar com a Europa e a América toda;

– Se deus é o dos muçulmanos… bem, vocês já entenderam.

Falaí: e nos casos onde o deus é o mesmo, mas parece que deu duas instruções diferentes sobre o mesmo assunto? Ex.: católicos e evangélicos. Seria deus uma espécie de Arnaldo César Coelho, que diz “a regra é clara” mas sempre se enrola pra explicá-la? Pior que isso: mesmo entre as duas divisões principais citadas, coloca uma cacetada de homens “ungidos”, numa disputa de milagres: se quer grana, procure o Pastor X; se quer saúde, procure o bispo Y; se quer paz de espírito, procure o Padre W, ou os três tudo junto ao mesmo tempo. Assim não dá, deus tá burocratizando muito as coisas, fica um organograma complexo e inviável!

Aí dá muita bagunça!

Então, a fita era mais ou menos essa: toda vez que homens se metem a explicar como as coisas funcionam no reino de deus, mais eles me fazem descrer dele. Porque deus não pode ser burro e malvado como eles insistem em dizer que o cara é.

PS.: santarrões e carolistas juramentados, não preciso de vocês. Falei direto com o cara e ele me autorizou a escrever isto aqui. Duvida?

Anúncios

21 Responses to Mas… Deus não é um cara gente boa?

  1. Nos casos onde o deus é o mesmo, a situação é ainda mais complicada do que você sugeriu, Vinicius, porque judeus, cristãos e muçulmanos adoram o mesmo deus!

    Um abraço!

    Pois é, Fabiano, tem essa aí também.

  2. Me emputece ouvir/ler asneiras como essas onde culpam deuses de coisas do homem.
    Que porra tem a ver a macumba, umbanda, vodu, quimbanda, quizomba, candomblé, aché e outras com terremotos? Tirando o aché que põem um milhão de pessoas pulando em Salvador, fazendo chão tremer, as outras são até calmas e contemplativas hehehe

    Ah, não! Axé, não. Isso é coisa do capiroto.

  3. Luis Alberto disse:

    Senhores, respeitosamente, surigo que os senhores leiam o artigo:
    http://www.olavodecarvalho.org/semana/081128dc.html
    Nele os senhores conseguirão uma luz (um caminho de partida) para entenderem a lógica divina. Vous lhes dar uma dica. Independentemente de a tragédia no Haiti ter sido uma intervenção divina ou não, certamente elas existiram em outras ocasiões. Qualquer intervenção divina que nos cause sofrimentos, se for divina, vem para nosso bem e para o nosso aprendizado e crescimento. E sendo Deus bondoso infinitamente, a infinitude de sua bondade sempre, invariavelmente, num contexto cósmico infinito, jamais será diminuida por um evento que, a nós, considerando nossas limitaçôes de consiência e incompreensão total desta infinitude, nos pareça maldosa. Em outras palavras, ao final, o resultado é sempre positivo no sentido de nos trazer o aprendizado para nossa evolução. É matemática pura.

    Na boa, Luis Alberto, prefiro continuar na minha limitação de consciência do que ser iluminado pelo Olavo de Carvalho.

    • André disse:

      Na realidade, OC acaba se contradizendo. Pois se comer animal ou vegetal se constitui numa maldade ou pecado. O pessoal lá no Haiti, que não come nem vegetal nem animal nem nada, é puro e não merecia ser castigado por Deus.

      É, ali os caras não estão comendo nada. Diz que a fórmula para expiar pecado é jejum e oração, né?

    • Vinicius Duarte disse:

      Nossa, a ironia tá mode off!

  4. Luis Alberto disse:

    Maravilhaso o artigo que lhe enviei, não ?
    De onde vem este tem muito mais.
    Permita-me, entendo que não seja uma atitude inteligente uma postura como a que você propôs em sua resposta, nomeadamente, a de nos recusarmos à possibilidade de investigação de outros caminhos que não aqueles dos quais temos convicção. Permita-se.

    Se você não quiser mesmo assim, então sugiro que o senhor leia este outro artigo:

    http://www.olavodecarvalho.org/semana/050123zh.htm

    Cordialmente,

    Luis Alberto

    Em tempo: Publicarei este pequeno debate em meu blog, se me permitir: http://luisalbertopereira.blogspot.com

    Opa, fique à vontade. Um cara burro como eu dificilmente toma atitudes inteligentes. Desculpe-me. Deixa eu passar no teu blog pra ver se o mode ironia está on ou off.

    • André disse:

      Caríssimo, peço mil desculpas pela Confusão Mental. Achei sinceramente que Vossa Excelência estava sendo irônica quanto ao artigo do OC e tentei fazer uma pequena brincadeira, de um certo mau gosto mas nunca com maldade. Aproveito para pedir um pequeno esclarecimento (pode considerar como um pequeno parafuso que falta na minha prótese psíquica): se a bondade de Deus é infinita e torna insignificante qualquer maldade humana que, por maior que seja é sempre finita, por que Deus haveria de castigar o Haiti por quase nada?

    • André disse:

      Caríssimo, esse último texto do OC que você linkou está, de fato, magnífico. Ele descreve perfeitamente a técnica argumentativa do próprio OC: “Depois empilham sobre a minha pessoa densas camadas de vitupérios – canalha, verme, fascista, porco, safado – e, com idêntica convicção subjetiva, asseguram que não vai nisso nenhuma hostilidade, apenas uma crítica serena às minhas idéias.”
      Ou você já se esqueceu que o OC escreveu isso sobre um desafeto: “A semelhança universalmente reconhecida entre o jornalista Sebastião Nery e uma nádega humana não provém, como poderiam insinuar os maliciosos, da avançada calvície. A verdadeira razão do fenômeno é muito mais profunda: é que, escrevendo ou falando, ele é o único ser vivente que se expressa por via anal. (…) essa criatura vermicular na qual as duas extremidades se confundem a tal ponto que quando emite gases intestinais pergunta se está sendo claro e, quando fala, abana o ar atrás de si para não deixar resíduos no ambiente.”
      É impressão minha ou OC preferiu fazer beicinho e xingar ao invés de argumentar?
      Outra coisa, sugiro atualizar a citação no alto do seu blog. Tente esta: “Se em meu ofício, ou arte severa,/ Vou labutando, na quietude/ Da noite, enquanto, à luz cantante/ De encapelada lua jazem/ Tantos amantes que entre os braços/ As próprias dores vão estreitando —/ Não é por pão, nem por ambição,/ Nem para em palcos de marfim/ Pavonear-me, trocando encantos,/ Mas pelo simples salário pago/ Pelo secreto coração deles. (Dylan Thomas — Tradução de Mário Faustino)”

      OC e RA, calados, são verdadeiros poetas. Exceto quando usam palavras emprestadas.

  5. Vinícius, sugere pro cara ler aquele livro de astrologia, escrito pelo Olavão.

    vixi, o livro é da minha ex. Ei, eu não te emprestei? 😀

    • André disse:

      Que susto, eu li muito rápido e entendi escatologia. O OC lê a mão e joga buzios também?

      Não, isso ele não faz. Que eu saiba. Agora, escatologia… ele é bom nisso.

      • Lucius disse:

        Ele escreveu um livro sobre Astrologia, segundo ele, para tentar descobrir se há alguma relação entre o nascimento e a posição dos astros. Mas até onde eu sei, defende que tantos cientistas quanto astrólogos estão errados a respeito do tema: há relação mas não é a defendidas por esses últimos.

        Ele deu até “curso” de astrologia. Eu sei porque conheço quem fez. Sim, ele defende isso AGORA, mas já fez coro com astrólogos.

    • Mas eu devolvi, lembra? Não consegui ler inteiro.

      Ah, então eu joguei fora. Mas não foi no bueiro. 😀

  6. Vinicius estou contigo nessa!
    O dia que me pegarem lendo ou divulgando algo desse “filósofo” O.C pode mandar internar. Fui um dia, li. Nunca mais volto a ler. O tempo é precioso demais para se perder com tal “literatura”.

    Como diz o Hermê, ele é “vilósofo”.

  7. Luis Alberto disse:

    É isso aí, fiquem vocês com suas próteses psíquicas se auto-enganando. Não esperava nada diferente dos comentários seguintes. Esquerdista é assim. Na impossibilidade de continuarem argumentando, partem para a desqualificação ridícula e baixa que somente servem de auto-engano para vocês próprios. Marxismo: ópio dos covardes e fracassados, dos que não tendo coragem de olharem para dentro de si, partem para culpar o mundo pelas suas fraquezas. Aqui, o índice PILA (Perfeito Idiota Latina Americano) está no último grau.

    Ei, atenção: você já ouviu falar da expressão “não acredito”? Pois é, camarada [provocação mode: on], eu não acredito em Olavo de Carvalho, e tenho motivos tão fortes quanto os seus para você não acreditar em, digamos, Emir Sader. E não o xingo ou desqualifico por isso. Cada um acredita no que bem entende, e eu respeito (você, pelo visto, não). Se isso me leva ao limbo, ao inferno, ou aumenta o “índice PILA” (ah, só pra constar: não tem nada aí na sua cabeça que seja de autoria sua?), pouco me importa. E, de mais a mais, um cara entrar num blog e comentar primeiro: “atitude pouco inteligente” e, em seguida, desfiar um rosário [provocação mode:on 2] de impropérios contra o blogueiro e demais comentaristas, ainda quer reclamar de “desqualificação”? Vá plantar batatas e as mande para os haitianos famintos. Faça algo de útil na vida. Ah, e obrigado por copiar na íntegra o meu post no teu blog. Só não espere a recíproca.

  8. Anísio FC disse:

    Vixe…
    Nem gosto que me chamem de ateu, afinal eu tô pouco me fodendo pra isso e não tenho a mínima condição de negar o que acho que é ficção, mas, resumidamente, ou ignorante, cético e desinteressado… Não sei, não me importa e não me interessa saber.
    O ser humano é que é pretensioso pra cacete com essa questão, ninguém sabe de nada, mas sempre aparece alguém parecendo que falou diretamente com a entidade lá…
    Mas durante grande parte da minha vida, acabei descobrindo que tenho grande parte dos sentimentos que os cristãos teorizam pra si, cansei de ouvir comentários começando com “Seu deus quiser…” e terminando com desejos de foder (No sentido nada bíblico) o outro…
    O que me fez concluir, claro que toscamente, que cristão é basicamente mentiroso, cristãos católicos são mais mentirosos ainda, afinal é impossível seguir os mandamentos do catolicismo!

    Então, meu velho, é isso. O foda é nego se dizer cristão e querer mais que os outros morram soterrados, só porque espetam agulhas em bonecos.

  9. André Nogueira disse:

    Bom dia, uspiano(?) Vinicius.

    Vc sabe que sempre me despeço desejando que fique com Deus. Vc numa boa aceita e traduz como “fique bem”. No fundo creio em muitas coisas que não caberão nesse post, mas todas têm explicações racionais. Até discordo de algumas explicações, mas tenho liberdade por não fazer parte de nenhuma religião.
    Não acompanho nenhum desses “pensadores” da blogosfera (urgh), do tipo RA. Não os sigo simplesmente por considerar todos eles estéreis. Escreverem apenas para os que concordam com o que pensam.
    Tenho como lição [mãe Dinah mode: On] que alguns seres domesticados, presos, tímidos, possivelmente até motivo de chacota durante a infância, descontam todos os momentos em que foram interrompidos por não conseguirem se expressar com veemência, por meio de comentários agressivos.
    “Ah esse cara tem o perfil daqueles que me zoaram. Vou descontar e aproveitar a distância da internet sem correr o risco de ser pessoalmente ridicularizado.Terei tempo para responder e pesquisar sem passar vexame. Caso passe vexame, ninguém me reconhecerá na rua e apontará o dedo com sorrisos sardônicos.”
    Por sorte a maioria consegue se livrar do trauma e vira debatedor justo.
    Por fim, fico incomodado com pessoas que usam teorias religiosas apenas nas partes que lhe interessam. Falam sobre “conseguir luz” e vomitam intransigência. Entram na sua “casa” e se sentem no direito de agredir seus convidados que, mesmo sem concordarem com o que escreve, respeitam sua opinião por meio de um diálogo inteligente e educado.
    Pensando como o Luis Alberto, é bem provável que a justiça divina opte por não aprovar o espírito vingativo e desrespeitoso com que ele interage com seus antagonistas.
    Na época da inquisição os antagonistas eram vistos como inimigos, não?

    Verdade, era fogueira neles. Inclusive nos astrólogos!

  10. […] do que um comentarista-troll, só mesmo um comentarista-troll com blog próprio. Pensando bem, isto não seria pior, se ele se […]

  11. […] This post was mentioned on Twitter by Alex Sotto Anisio FC and Vinicius Duarte, Vinicius Duarte. Vinicius Duarte said: Robertsons, Olavos e Cônsules Haitianos: vocês estão me tornando um herege. Texto herético, mas autorizado pelo "cara": http://bit.ly/6pKHod […]

  12. Fábio Peres disse:

    O mané que costuma falar em estratégia divina nesse caso não conhece nem mesmo de religião: em geral os religiosos dividem a vontade de Deus em duas, a soberana (que depende de Deus querer alguma coisa) e a permissiva (que depende de Deus permitir que alguma coisa aconteça a alguém, mesmo a um povo).

    No caso os religiosos cristãos sérios falam que a questão é de vontade permissiva de Deus, o que, em bom português, quer dizer o seguinte: Deus poderia não querer, mas permitiu que isso acontecesse no Haiti, por motivos que só ELE sabe, e porque ele É DEUS, simples assim.

    E que você, óbvio, não vai questionar, pois não se questiona Deus, certo?

    Exatamente. Comentário cirúrgico, Fábio.

  13. J.C.CAMARGO disse:

    FEL&Limão: desta vêz o honorável Olavo de Carvalho es-
    tá totalmente certo! Quer você queira, quer não,o Hai-
    tí está tomado pelo Voduísmo, que é a mais satânica de
    todas as Magias Negras! Como consta em matérias publi-
    cadas na Internet:o Haiti é 90% cristão e 100% Voduís-
    ta! Assim, um dia a casa iria cair, e assim ACONTECEU!
    Queira o nosso bom DEUS que o Haiti se emende, senão /
    de nada adiantará as muitas ajudas que receberá para a
    reconstrução do país! Se duvida das minhas palavras, /
    leia sites da República Dominicama,a outra parte dessa
    grande ilha do Caribe. É de doer! Pesquise e comprove!
    Obs: reitero que não comungo as idéias do Dr. Olavo de
    Carvalho; aliás, deploro-as! Más desta vêz, reitero,ê-
    le colocou o dedo na ferída e está totalmente correto!
    Saudações para o responsável por este blog, que já es-
    tá entre meus favoritos! Abraços sinceros.

    Pô, é cada uma… Como um país é 100% “Voduísta” e 90% cristão? Seriam devotos de São Sebastião, que morreu flechado? Ou seria um país 190%? Tá, tá, deixa pra lá, muito obrigado e volte sempre. Ah, você não é aparentado de um tal Andrade Neto, é?

  14. Anísio_FC disse:

    O JCC comunga com aqueles que não imagina um deus salvador, mas um deus punidor, no caso até um deus executor;
    E sobre os 100% sempre tem aquela ótima frase: “quando todo mundo está pensando igual, ninguém está pensando”

    Uma outra coisa sobre o Luis A. Pereira… Será que seu blog não é uma brincadeira não? Como é que alguém quer ser levado a sério sendo tão caricato? Se eu professasse dos mesmos princípios filosóficos, religiosos, ideológicos, etc. dele ficaria bastante ofendido, aliás, por que há tantos professadores de fé burlescos?

    Parece que é sério, sim, AnisioFC. Fui lá ver se a tua queixa tinha sido aceita, e tem até um papo de separação (dele), dificuldade em ver a filha… Fiquei até solidário. Talvez deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: