“Baseado” is the new “copiado”, dude!

Para você que se esborracha de rir com as piadas do pessoal do CQC, um quadro produzido pelo Jacaré Banguela e protagonizado pelo “impagável” Rafinha Bastos, o ídolo-mor da galera descolada-que-curte-um-stand-up-e-humor-inteligente-para-poucos-que-conseguem-entender-a-sutileza-da-coisa:

Mas como essa internet é uma X-9 da pior espécie, o pessoal descobre rapidinho as coisas e queima o filme da malandragem, denunciando de onde surgiu tamanha “inspiração”:

Ah, claro: o Jacaré Banguela (produtor) deixa muito claro (hahahaha) que o seu quadro é “baseado” no outro. Como estão dizendo por aí, “baseado is the new copiado”.

Só me espanta essa moçadinha tão atualizada e modernosa não desconfiar que vai ser pega em questão de três ou quatro cliques de mouse.

Anúncios

7 Responses to “Baseado” is the new “copiado”, dude!

  1. Claudio disse:

    Aquele quadro que o Globo Esporte faz com os torcedores mongolóides assistindo a jogos decisivos, por exemplo, eu vi outro dia no Youtube.

    E as Olimpíadas do Faustão, que copiava programas japoneses dos anos 80?

    O início desse texto era “Chacrinha disse: ‘nada se cria, tudo se copia'”. O problema é que esses babacas do CQC são endeusados como os mais fodões do humor, OS criativos. 90% do que eles fazem é chupado de fora. Procura o link do GE aí e me manda, nego!

  2. Alê disse:


    Fazer humor engraçado (o pleonasmo é necessário)no xoubis brazuca deve ser uma das coisas mais difíceis e espinhosas que existem, a julgar pelo que nos vendem como ” engraçadíssimo”. Deve ser verdade. Tanto que as piadas e os esquetes de tv e de stand-ups são em sua maioria – beirando a totalidade – derivadas dos programas humorísticos da rádio Nacional (anos 40/50).

    Nosso cultura humorística é a da sátira caricaturizada e estereotipada ao extremo, de modo que qquer descerebrado possa entender num átimo. É ruim, é uma bosta, verdadeiro insulto à quem não fuma maconha ou não caiu de cabeça durante o parto. Mas poderia ser pior. O humor japonês, por exemplo, é algo completamente sem noção.

    No excelente blog “Coisas de Idiota” (infelizmente morto) há um post sobre esse assunto que diz tudo. Reproduzo:

    Humor inteligente brasileiro

    É muito difícil entender a diferença entre o humor burro brasileiro e o humor inteligente brasileiro, já que as piadas e os trocadilhos são praticamente os mesmos. Mas é possível ver alguma diferença na escolha de personagens, como mostra a lista abaixo.

    LISTA DE PERSONAGENS PERMITIDOS…

    …no humor burro brasileiro:

    – Bêbado
    – Bicha escandalosa
    – Tipos regionais (o gaúcho, o mineiro, o caipira)
    – Velha surda
    – Retirante com sotaque incompreensível
    – Corno
    – Gostosa
    – Imitação do Sílvio Santos

    …no humor inteligente brasileiro:

    – Socialite com botox
    – Motoboy com nome terminado em “sson”
    – Artista que fala igual ao Gilberto Gil, todo complexo
    – Velha maconheira
    – Jogador de futebol com nome terminado em “sson” e que sonha em jogar na Europa
    – Alpinista social siliconada
    – Mulher solteira com mais de 30
    – Imitação do Pedro Bial

    …nos dois:

    – Político ladrão
    – Empregada doméstica
    – Qualquer um que fale português errado

    Com relação ao conceito de plágio, eu particularmente, não vejo nenhum problema. O termo “propriedade intelectual” me parece uma absurda contradição em termos.

    Alê

    Eu não ligo para esse negócio de propriedade intelectual – no sentido “pecuniário” da expressão. Ligo, sim, no sentido ético, de dar o devido crédito ao autor (dizer quem é ele, se você copiou e de onde copiou). Acho o comércio de copyright uma coisa nojenta. Rafinha/JB/Chongas copiaram o quadro na cara dura, e disseram que foi só uma “inspiração”. Aí é DESONESTIDADE intelectual.

    • Alê disse:


      Concordo, claro.

      Mas é bom ter em mente que há uma extrema dificuldade em saber qual é a fonte original de uma ieia criativa para poder creditá-la. Se um sujeito fraco em divulgação cria algo (lembrando sempre que não existem idéias originais; são todas derivadas umas das outras) e outro copia sem creditá-lo e é mais bem sucedido em divulgar a ideia, o crédito fica para esse segundo sujeito. Quem te garante que o segundo vídeo tb não é um plágio?

      Poderia parar aí no segundo sujeito-copião, mas há, sobretudo na net, um efeito cascata, muitos copiam mas nem todos creditam e qdo o fazem creditam errado. Há um sem número de textos atribuídos a Jabor, Pessoa, Cecília Meirelles, Millor, etc, que nunca foram escritos pelos mesmos.

      Questões envolvendo copyright ou a “po$$e” de um texto, música, imagem, etc, são um conceito tipicamente americano que globalizou-se. A trilionária indústria de produtos culturais americanos é uma das maiores dos EUA. Não fosse por isso, ninguém se importaria em ser copiado (seria até motivo de orgulho).

      Alê

      Ninguém me garante nada (sobre o original ser plágio). Mas a cara-de-pau reside no fato do cara chamar “cópia” de “inspiração”.

  3. André Nogueira disse:

    Cresci escutando a frase: O brasileiro é um povo criativo. De tanto repetir virou “verdade”.
    Tanto pela sobrevivência (a necessidade faz o sapo pular) como para a criação, o brasileiro é tão criativo qto quanto qqer outro. Ganha só na cara-de-pau.
    Seu texto e videos são mais uma das milhares de provas disso.

    Aquele outro lá, onde H&R copiaram o “Aperte os Cintos” foi outro (esse fui eu que descobri, no rabo, 🙂 ). E tem mais uma penca deles por aí, mas que a internet vai tratando de mostrar.

  4. Oras, acho que o decano-patrono dessa turma pode ser o Jô “Letterman” Soares, engraçadíssimo e “muito inteligente, viu?”.
    Como se diz, “prá quem é, tá bom”.

    O Jacaré Banguela, nos comentários do youtube, faz referência ao Jô e sua “inspiração” no Letterman. O gordo faz seguidores, igualmente gordos.

  5. Ricardo disse:

    Alguém poderia copiar o Myth Busters no Brasil, e acabar com alguns mitos como o mencionado pelo André: “O brasileiro é um povo criativo” …

    Boa. Quem começa? o/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: