Saiba o seu valor, segundo a tabela SUSEP*

E aí, você tem seguro de vida e acidentes pessoais? Não, não quero vender nada, pode continuar lendo o post. É que eu tava revisando um texto de apólice de seguros pra um banco, e comecei a viajar com as cláusulas. Você já leu as “Condições Gerais” do seu seguro?  Tem coisas bastante interessantes:

1 – Você, menino, fique sabendo que, segundo a tabela SUSEP, seu dedo mínimo vale 30% do seu pênis; pense nisto antes de zoar o Lula. Não? Tire 30% do seu pau fora e veja o resultado. Tá, não precisa chorar, era só uma suposição.

2 – Você, menina peituda, sabia que suas duas mamas valem só meio pênis? Pode isso, Arnaldo?

3 – Se você, menino ou menina, perder o olfato, receberá o equivalente a 7% da cobertura. Isto se o nariz continuar com função decorativa na sua cara. Caso contrário (se o nariz for amputado), aí a bolada sobe pra 25%. Não há cobertura para eventuais platinas instaladas, devem ser contratadas à parte.

4 – O saudoso Bat Masterson não devia fazer seguro, pois não há cobertura para envolvidos em duelos. Talvez por isto o First National Bank nunca tenha sido um bom vendedor de apólices.

5 – Agora, o Popeye DEVE fazer seguro de vida, pois, caso ele seja atingido a bordo de seu rebocador por um tufão, furacão ou tsunami e morra, a Olívia Palito receberá a grana. E Brutus agradece.

6 – Se você estiver num campinho de society, batendo uma bola esperta com os camaradas, e aquele seu amigo carniceiro aplicar-lhe um carrinho criminoso no saco que lhe extirpe as SUAS bolas lá alojadas, você não receberá nada. Mas você terá direito à cobertura, caso este lamentável acidente ocorra nas dependências das Forças Armadas, ou numa missão da ONU no Haiti. Isto se você e seu inábil amigo estiverem servindo a pátria, bem entendido.

7 – Muito embora os nossos bingolins venham acompanhados de apenas duas bolas, devidamente embaladas, a Tabela SUSEP é clara: um pênis vale 6,67 testículos.

8 – O Amaral “coveiro”, ex-craque do Palmeiras, tem direito a receber 5% da cobertura de sua apólice, devido à sua ptose palpebral unilateral; já o Van Gogh, se não tivesse se autolesionado, receberia 8% pela perda da sua orelha. Por outro lado, sua “alienação mental incurável” lhe garantiria 100%!

9 – Para o Tião Macalé, uma má notícia: perda de dentes não gera invalidez permanente. Nójeeento!

10 – Praticantes de modalidades heterodoxas de transporte como surfe ferroviário, rabeira de caminhão e pau-de-arara não serão indenizados em caso de acidentes.

11 – Presidente Ahmadinejad: é melhor parar de brincar com urânio. Se der zebra, o seguro tira o corpo fora.

12 – Se depois de chegar até aqui você ficou com vontade de ME matar, meu beneficiário recebe o seguro (se você tiver sucesso); mas, se você ficar com vontade de SE matar, seu beneficiário não recebe, pense nisso. É melhor só xingar nos comentários.

————————————————-

ESTE POST, APESAR DE BASEADO EM CLÁUSULAS REAIS, TÁ CHEIO DE EXAGEROS E DISTORÇÕES, NÃO TEM NENHUM CARÁTER INFORMATIVO, NÃO SERVE DE BASE PRA PORRA NENHUMA, NEM PRETENDE ESCLARECER NADA. FOI SUGESTÃO DO AMIGO PALESTRAIMORTAL, QUE TAMBÉM TEM UM BLOG.

Agora, precisando de seguros, pode falar com o André Nogueira, participante e coautor do blog. Não estou cobrando nada pelo merchan, mas 10% sempre é bem vindo, como diria Paulo Maluf.

* SUSEP – Superintendência de Seguros Privados

———————————————

Anúncios

8 Responses to Saiba o seu valor, segundo a tabela SUSEP*

  1. André Nogueira disse:

    Ficou encantado pela “Tabela do Açougueiro”, né?

    O engraçado é q todo mundo fica preocupado com o pinto. Perde uma perna e fala: Ufa! Pelo menos não foi o pinto e ainda tenho a outra perna. Bem…essa frase faria sentido pro Motumbo.

    Suicídio cobre depois de dois anos de apólice de Seguro de Vida, mano. Mas a justiça sempre manda pagar. Aí entra um lance de ser premeditado ou não. Pano pra manga.

    Suas comissões serão pagas em DONATES.

    Aqui nos textos que eu tô vendo coloca suicídio em riscos excluídos, mas os acidentes decorrentes da tentativa frustrada são cobertos. haha. Sabe que uma vez eu vendi uma apólice (é, eu já fiz isso…) prum chinês que tinha uma pastelaria, e, uma semana depois ele me aparece sem o dedo mínimo, pedindo a cobertura. Donates, clique no botão ao lado. 😀

  2. André Nogueira disse:

    Esqueci de comentar duas coisas.
    Emprego para vigaristas é foda.
    Coautor é exagero. Só se as contribuições forem por meio de “teti a teti” telepático.

    Não entendi a parte do emprego…

  3. Fala Vinicius.

    O texto ficou show de bola. É piada pronta.

    O sutil limiar entre o real e o improvavel reflete a competencia da raça inanimada que elabora estes cotratos.

    Agora falta aquele post sobre essa mesma raça e suas frases incriveis que comentamos ontem via TT.

    Grande abraço!

    Ah, esse aí tá no forno. É que tô meio sem material aqui, a justiça tá em greve. Tanto que tô tendo que apelar pra qualquer coisa, até revisar apólice de seguro, haha. Valeu, mano.

  4. Revisar apólice deve ser tão ou mais engraçado que revisar bula de antidepressivo. Benefícios 5 linhas, riscos e reações adversas 4 paginas.

    Depende. Se você tiver um seguro (ou estiver tomando antidepressivo), perde toda a graça.

  5. Felipe Palmeiras disse:

    Uma dúvida que me vem a cabeça é como que os sujeitos que fazem essas regras de apolices conseguem chegar nesses valores. E se alguem tambem deva ter chegado em uma empresa de seguros querendo por causa de uma dessas clausulas.

    Abraço

    É uma dúvida que eu também tenho, Felipe.

  6. Alê disse:


    Um amigo meu, fez curso de corretagem. Segundo ele, há pessoas que vivem de filmar, escondidos, bebuns nos botecos da moda enchendo a cara e torcendo para que os mesmos batam os importados na volta para casa.

    A seguradora paga uma boa grana por esses vídeos e se exime de pagar o sinistro.

    É isso mesmo, Arnaldo?

    Alê

    Vixi, não sei dessa, não. Mas o André deve saber. E reza pra não ser filmado. hahaha

    • André Nogueira disse:

      Olha…

      Podem até filmar, mas provar q o cara estava bêbado e não com crise de labirintite vai ser foda. Paparazzi de bêbado, mano! Assim não dá! Diz aí Arnaldo Vinicius Coelho: Teria validade jurídica esse tipo de imagem?

      No máximo podem usar as imagens para “chantagear” o segurado ingênuo e fazê-lo abrir mão da indenização.

      Por falar no assunto, na hora do almoço vi uma notícia na Record dizendo que um vereador se recusou a “fazer” bafômetro. Pô, pra dirigir já tava difícil. Trabalho manual envolvendo eletrônica então era impossível.

      Vinicius, vc é mais um dos vaÇalos pagos pra denegrir minha imagem de bebum responsável. Até as árvores e muros da Vila Madalena sabem que vou cambaleando até em casa. Na melhor das hipóteses vou de taxi.

      Eu sei, já cambaleamos juntos. Eu, mais, afinal sou menos resistente. 😀

  7. qualquergordotemblog disse:

    O seguro me cobre se eu for atingido por um míssil teleguiado? O que é um míssil teleguiado? Um míssil que não concorda com o Juca Kfuori?

    Esse míssil que aparece no desenho, pode reparar, tem o logo do NCDJ. 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: