That’s what friends are for – CAP. 2 – costurando o acordo

PARA LER O CAPÍTULO 1, CLIQUE AQUI

————————————————————-

Alfredo entra na sala e o Dr. Marques está com a pasta do Pedrão aberta:

– Olha, Alfredo, eu tô olhando o caso aqui, acho difícil a gente fazer alguma coisa, viu? O empréstimo é de 1997, já fizemos uma renegociação em 2003, dilatamos o prazo, tiramos multa, juros e o cacete, teu amigo não pagou mesmo assim…

– Pois é, Dr. Marques, eu sei de tudo isso. Mas eu tenho certeza de que, se a gente tentar desta vez, o negócio anda. Mesmo porque, veja bem, o cara não tem onde cair morto, não tem bens… Se a gente aperta muito, aí ele quebra de vez e não paga porra nenhuma, entende?

– Sim, Alfredo, só que você sabe muito bem: não é política do banco interromper execução, ainda mais pra um pé-rapado que não tem nenhuma garantia real pra calçar um acordo e que já descumpriu um! Aliás, quem foi o DOIDO que emprestou essa grana toda pra ele, hein? Como eu justifico isso? Os caras vão pensar que eu tô levando algum nessa ou quero dar a bunda pro cara, concorda?

– CLARO que eu concordo, mas eu tenho uma saída boa, me ocorreu agora: sabe o Cesinha, diretor de Engenharia?

– Sei, sei, muito boa gente!

– Então, eu me dou muito bem com ele, sabia?

– Tá, mas e daí?

– Vê só: o Pedrão tem uma empresica de instalação de divisórias. Trabalha bem pra cacete! Eu tava olhando pra tua sala aqui, esse banco tem mais divisória do que nota de R$ 100 no cofre…

– EEEPA, qualé, Alfredo?

– Presta atenção: o banco vive fazendo reforma, né? Eu posso pedir pro Cesinha contratar o Pedrão (só obra “filé”), e a gente vai usando os pagamentos pra amortizar a dívida dele…

– Tá, e você quer que EU proponha UMA TRETA DESSAS pra justificar a suspensão da execução? Tá doido?

– Não, nobre causídico! Quero que você use sua capacidade enrolativa inata pra demonstrar que mais vale um mau acordo do que uma boa demanda! O resto, deixa comigo. O cara é meu chapa, mas não vou me sujar por mixaria, muito menos te comprometer. E, convenhamos, o que são 40 paus pra essa porra de banco? Olha, só tô te propondo isso porque boto fé no cabra! Ele faz um trampo de primeira qualidade! Eu garanto que não vai sobrar nem pro Cesinha, nem pra você e nem pro Banco!

Dr. Marques remexe os papéis da pasta do Pedrão, coça a cabeça e se compromete a dar uma resposta ao Alfredo.

Alfredo volta para sua sala e liga pro Pedrão:

– Seguinte, o teu caso tá se encaminhando bem. Falei com o diretor jurídico, vamos bolar uma saída boa pra todo mundo…

– Pô, Fredão, sério? Já tava vendo a viola em cacos!

– É, mas não pensa que não vai entrar um fumo aí, viu? HAHAHAHA

– Não fode, porra!

– Naaada, tô brincando. Você vai pagar esse espeto TRABALHANDO pra nós.

– Sério? O banco vai me contratar?

– Isso! Ainda vou fechar os detalhes com o outro diretor, mas a idéia é o Banco te repassar uns trampos, você vai lá e executa, a gente usa o dinheiro das faturas pra pagar a conta. Entendeu?

– hmmm, entendi. Mas HAJA DIVISÓRIA, hein? 40 paus de mão de obra, vou demorar uns anos aí pra terminar (e ficar sem comer por um bom tempo só trabalhando pra vocês), hein?

– NAADA, a gente vai fazer um BEM-BOLADO, dar uma reduzida LEGAL nessa conta! Só vou te arrumar obra “filezinho”, preço bom, serviço rápido. Deve te sobrar uma boa grana no final, ainda. E, melhor: nome mais limpo que!

– Tá, nossa amizade é uma coisa, mas BANCO não é amigo de ninguém, eu sei bem. Vê lá, Fredão, se vão me foder avisa logo, aí eu fujo pra Bahia e começo minha vida lá, do zero…

– Pára, rapá! O negócio vai ser bom PRA TODO MUNDO.

————————————

CONTINUA NO PRÓXIMO CAPÍTULO

Anúncios

6 Responses to That’s what friends are for – CAP. 2 – costurando o acordo

  1. Alê disse:

    Hahahahahaha 😀

    Posso sugerir a música-tema dessa web-novela ou vai estragar a brincadeira? 😉

    Tá na ponta da língua…

    Alê

  2. Leonardo disse:

    Melhor que novela das 8!

    Aguardo os próximos capítulos.

    hahaha

  3. Já percebo o lobo saindo da fantasia de cordeiro!

  4. Cade o capitulo 3 dessa bagaça ?

    Caaalma, pô!

  5. Daniel CMS disse:

    Se e’novela das 8 alguem vai comer a mulher de alguem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: